Por meio de novas metas para o Planeta, trabalharemos para reduzir nosso impacto ambiental ao mesmo tempo em que ampliamos nossos negócios e ajudamos a satisfazer as necessidades de alimentos, bebidas e recursos naturais de nosso mundo em transformação.

Ajudar a criar uma relação mais saudável entre as pessoas e os alimentos inclui proteger o meio ambiente e encontrar maneiras sustentáveis de produzir mais alimentos.

Os negócios da PepsiCo dependem da disponibilidade dos recursos naturais necessários para fabricar nossos produtos. A agricultura usa a grande maioria da água doce disponível no mundo, ao passo que a disponibilidade de água é cada vez mais limitada. Enquanto a população mundial crescer, a demanda por água e energia também aumentará. E se a sociedade seguir o modo tradicional de fazer negócios, as principais organizações globais preveem que as emissões de gás de efeito estufa (GEE) crescerão nos próximos anos, acelerando ainda mais a mudança climática e aumentando o risco potencial para as culturas. Paralelamente a estes complexos problemas ambientais, prevê-se que, até 2050, a fim de atender à crescente demanda por alimentos, a sociedade deverá incrementar a produção de alimentos em 70% ou reduzir drasticamente a quantidade de comida que é atualmente desperdiçada ou perdida.

Tendo em vista a urgência dessas questões e sua relação com a saúde da sociedade e do nosso negócio, a PepsiCo dará continuidade a seus esforços para a proteção e conservação dos recursos naturais.

A PepsiCo Brasil apoia o programa Coalizão Cidades pela Água, em um projeto que se baseia em soluções de infraestrutura verde para proteção de mananciais.

Há muitos anos nos dedicamos a encontrar maneiras de reduzir nossa pegada ambiental em água, embalagens, resíduos, energia e agricultura – áreas fundamentais para nosso negócio e nas quais podemos causar maior impacto. Fomos uma das primeiras empresas globais a reconhecer publicamente a água como um direito humano básico e fomos homenageados com o Prêmio de Água Industrial do Instituto Internacional da Água de Estocolmo por nossa gestão responsável da água.

Além de aprimorarmos o design de nossas embalagens para torná-las cada vez mais sustentáveis, também apoiamos a infraestrutura pública de recuperação e reciclagem, a colaboração intersetorial e o comportamento do consumidor em um esforço para evitar que mais resíduos de embalagens sejam enviados para aterros ou poluam nossos oceanos. Nosso compromisso com a redução de resíduos também se aplica às nossas instalações de produção, onde fizemos progressos significativos na reciclagem e na reutilização de resíduos.

Nosso trabalho histórico em energia concentrou-se em esforços em nossas operações, os quais iremos ampliar nos próximos anos como parte de nosso plano para tratar das emissões de gases com efeito estufa (GEE) em nossa cadeia de valor. Da mesma forma, pretendemos expandir as melhores práticas de agricultura sustentável no futuro, usando o que já aprendemos pelo envolvimento de 28 mil produtores em nossa cadeia de fornecimento.

Gerenciar a inter-relação entre questões ambientais complexas é fundamental e também é um bom negócio. Nossas iniciativas para a redução do uso de água, energia, embalagens e resíduos resultaram em mais de US$ 600 milhões em economia de custos entre 2010 e 2015.

Em 2016, a PepsiCo atingiu um quarto de sua meta de 2025 em termos de reabastecimento de água, com a reposição de aproximadamente 2,7 bilhões de litros de água em bacias hidrográficas locais com alto risco de escassez hídrica. Trabalhou ainda com a PepsiCo Foundation e parceiros, e somente em 2016 proporcionou acesso a água potável para mais de 2 milhões de pessoas (um total de 11 milhões de pessoas entre 2006 e 2016).

Consulte nosso Relatório de 2016 e nossa Agenda para 2025 para saber mais sobre nosso progresso em cada uma dessas áreas.

Como você verá em nossa Agenda para 2025, trabalharemos para ampliar nossos esforços de gestão ambiental responsável para ainda mais membros da cadeia de fornecimento e comunidades em que atuamos, continuando a melhorar a eficiência das nossas operações de fabricação. Nosso tamanho, influência, recursos e relacionamentos, juntamente com o nosso sentido de responsabilidade por fazer a diferença, constituem uma oportunidade considerável para incentivar, apoiar e ampliar práticas mais sustentáveis nos próximos anos.

Mudar a atual equação ambiental exigirá muita colaboração. Trabalharemos em parcerias, portanto, para alcançar nossas metas para o Planeta, ao mesmo tempo em que promoveremos esforços para contribuir para quadros globais, como o Acordo de Paris sobre o Clima e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas para 2030.


Back to top